segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Ataque espiritual em minha casa


Há pouco tempo atrás, coisa de no máximo dois meses, estava deitado na minha cama, com minha esposa, de noite, quando de repente ela disse que estava com seu lado direito do corpo todo paralisado. Como isso já havia acontecido antes muitas vezes, sabia que havia aproximação espiritual que não era boa, pois ela é médium de psicofonia (incorporação) inconsciente.


Disse que iria aplicar-lhe um passe, e então me levantei e dei a volta na cama, e apliquei o passe, estando ela deitada mesmo. Terminado o passe, voltei para o meu lado da cama e me deitei, de barriga para cima.

Rapidamente saí do corpo, sem estar pensando nisso, e sem planejar, me levantei, percebendo de imediato que do lado da cama, meu lado esquerdo, havia um arquivo do tipo daqueles antigos, de ferro, com gavetões imensos e pesados, e havia um homem moreno e de cabeça raspada deitado em cima do arquivo, de frente para mim, sorridente...
Num gesto rápido e instintivo, sem pensar no que iria fazer, levei minha mão direita até a testa do homem e grudei minha mão nele. Colei mesmo. E rapidamente, quase de modo imperceptível para mim, ele já estava fora do lugar onde estava antes, colocando-se cerca de dois metros ao lado, ainda em meu quarto. Não percebi o movimento, apenas percebi que ele já havia mudado de lugar, como no filme Jump...

Da mesma forma, muito rapidamente mudei também de lugar e novamente colei minha mão direita na testa dele, e então ele disse: “Já estou indo embora...”, e saiu voando rapidamente pela parede do meu quarto, indo em direção à sala, e ainda pude ver um quadro na sala, através da parede.
Voltei ao corpo e vi que minha esposa estava dormindo, e estava bem.

Não entendi ao voltar para o corpo porque havia colocado minha mão na cabeça daquele estranho, e porque ele fugiu, bem como o que queria...estava sorrindo...parecia amigável...mas só na aparência...
Poucos dias depois, conversando com um espírito amigo, incorporado em uma médium, na casa onde trabalho, contei a ele minha experiência e procurei saber a opinião dele a respeito do ocorrido.
Meu amigo me disse que aquele homem, que tinha uma aparência de egípcio, ou de yogue, estatura mediana, mais baixo que eu, moreno, de cabeça raspada e trajando apenas um pano amarrado na cintura, sem camisa, era um integrante de uma organização espiritual chefiada por velho conhecido nosso, antigo sacerdote egípcio, que trabalha contra nós há muito tempo. Esse chefe enviou um de seus assessores para tentar me atrair para um local que ele dizia ser um lugar sagrado, de meditação, e lá talvez estivesse pronta uma armadilha para mim...

Como tudo começou com a paralisação de minha esposa, internamente eu sabia que ali não havia gente do bem...e por isso automaticamente e instintivamente me defendi, sabendo, interiormente, que se tratava na verdade de um ataque, muito sutil, sem violência alguma, o que causa o engano mais fácil...apesar de tudo parecer uma visita, podendo ser confundido o homem com um guru indiano ou sacerdote egípcio...como as aparências enganam...tanto aqui nesta dimensão quanto nas outras...
Meu amigo desencarnado disse que ao colocar minha mão na cabeça do espírito presente no meu quarto eu dominei a mente dele...ele tentou escapar, mudando de posição, para se livrar de minha mão, mas eu novamente e rapidamente colei a mão na cabeça dele, e então ele viu que não funcionou a estratégia utilizada, e rapidamente bateu em retirada, para fugir ao meu domínio...
Não se tratava de um espírito qualquer, sem qualquer preparo...era o braço direito de um mago negro que tem bastante poder...mas ele não me pegou desprevenido...estava bem interiormente, equilibrado, e só pensei em proteger minha esposa...para proteger minha família e meus amigos verdadeiros eu enfrento até o Diabo...
Importante colocar aqui, para os leitores, a relevância de se estar sempre preparado, sempre pronto para esses ataques...e eles acontecem mesmo...não temos apenas amigos desencarnados...temos desafetos do passado, e eles vêm nos cobrar o tempo todo...
É preciso orar antes de dormir...e estar vigilante...fortalecer a alma, a mente, o corpo...não se enganar com aparências...assim como há falsos gurus encarnados, enganando milhares e milhares de pessoas de boa-fé, também no mundo espiritual há muitos deles...e enganam mesmo...e como...cuidado para não cair nas mãos de um falso guru desencarnado...a vaidade e o orgulho, a falta de estudo...a ambição de poder...e tantas outras coisas atraem esses gurus, magos, sacerdotes, todos pseudo-sábios...gente má, perversa, sempre pronta a nos desviar do bom caminho...procuro seguir os ensinamentos de Jesus, que acho muito seguro...para mim, a moral dele é a mais perfeita...e só nos leva para cima...com segurança...

Quem não deve não teme...viva com honestidade e moderação, fazendo apenas o bem, e peça sempre proteção aos seres de luz antes de se aventurar no mundo desconhecido...em outras dimensões da vida...nos universos paralelos...seja verdadeiro em todos os mundos por onde andar...
Muita paz!

Escrito por Luiz Roberto Mattos
Fonte: Revista Cristã do Espiritismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...