sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Função do Exu na Umbanda

Para muitos a figura do exu não passa de demônios, bruxos, obssessores, e pior, essa é a imagem de exu para muitos médiuns que desconhecem a real finalidade desses guias nos centros de umbanda. E muitos são aqueles que usa de suas manifestações mediúnicas aquilo que carrega dentro de si, se imponto na maioria das vezes na vontade do espírito com a intenção de se fazer crer que realmente está incorporado. 


Essas práticas nos mostram diariamente em algumas manifestações "aberrações", que o médium não permite que a figura de guardião se manifeste realmente como ele é.  Tais comportamentos  se torna um espetáculo de exagero que vemos em alguns médiuns e cada vez mais a imagem da Umbanda se torna mal vista por aqueles que desconhece sua verdadeira Lei.


Os exus, são servidores  que atuam nos centros de Umbanda, nas casas tidas como Kadercista, repartições públicas, ruas, bairros, cidades, estados e em toda parte que energeticamente necessite manter a ordem e o equilíbrio.


Sua função em um centro de umbanda e kardecista é de guarda que zelam pelo equilíbrio do lugar, de seus médiuns e frequentadores, impredindo que espíritos desiquilibrados entrem para criar a desordem. Também atuam na organização de caravanas que seguem nas casas  (hospitais) de espíritos em tratamento, tanto no horário de atendimento dos encarnados  e quando os hospitais se encontram fechados somente aos olhos humanos. 


Nas ruas existem grupos divididos em responsabilidade orientadas por um Guardião Maioral que comanda toda uma região e em cada posto aquele que assume de acordo com o seu grau de responsabilidade e preparo a guarda energética do mesmo. Ainda se dividem em grupos para o resgate de espíritos e desequilibrio diversos que se encontram no plano de ação humano ou de baixa vibração. 


Os exus são guardas no astral e não se vendem ou impressionam com alguns elementos como bebidas, charutos e demais elementos que tem sua função concentradora de energia para determinados fins, vale lembrar que usar estas mesmas energias no plano astral com ou sem os elementos e também muitas vezes  a bebida e o charuto são utilizados para "aqueles" que precisam ver para crer. 


A função de guardar se estende para hospitais, escolas, prisões e também aonde se usa a batina e a hóstia. Lembrando que a famosa historinha de que exu é tão mal que não entra na igreja, vai contra a verdadeira função desses guias de luz. 


Muitos os ignoram, os julgam e até mesmo evitam falar neles, mas o que todos esquecem é que sem guarda fica difícil manter o equilíbrio e a ordem. É preciso conhecer para respeitar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...