sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Os Bons Espíritos e a Mediunidade (espírito Manoel Philomeno de Miranda)



"Os bons espíritos não cessam de inspirar, de interceder, de oferecer proteção a todos quantos se lhe facultam a ajuda, utilizando-se de todos os recursos possíveis para que os seus afeiçoados consigam desobrigar-se dos compromissos assumidos, alcançando o patamar da vitória. Precatem-se, portanto, aqueles que aspiram pela felicidade e por alcançar êxito nos empreendimentos que realizam, com os recursos da oração, da paciência e do trabalho elevado, a fim de manter o pensamento em faixa superior de reflexões, evitando, desse modo, ser alcançados pelos pertados mentais e hipnoses dos seus inimigos espirituais" (....)

"A mediunidade é compromisso de alta significação que ainda não encontrou a necessária compreensão entre as criaturas encarnadas no mundo físico" (....)


Manoel Philomeno de Miranda (espírito) / psicografia de Divaldo Franco. Livro: Tormentos da Obsessão

Um comentário:

  1. Como costuma-se dizer somos sempre inspirados por espíritos sejam eles bons ou maus, ai vai depender da sua própria energia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...